Comunicado importante

Bem, essa semana foi bastante tensa não foi, só notícia ruim, política, estupro, bem, aqui é um espaço feito pra gente relaxar, gozar, se realizar e tal, só que temos um número muito grande de acessos e por isso tenho responsabilidade sobre tudo que posto aqui, e depois dessa do estupro coletivo não da mais pra gente ficar se masturbando com esse tipo de história, por isso estou retirando, excluindo todos os vídeos  com temática de estupro do blog. Ahhh, mas é ficção, porra, não interessa se é ficção, você ta se excitando com a ideia de um estupro, isso não pode ser saudável, e eu não vou ser conivente com isso aqui, por isso decidi excluir todos os vídeos com o título estupro do blog, se alguém se excita com esse tipo de vídeo ou história que vá fazer isso em outro lugar. Nós fazemos coisas erradas o tempo todo, muitas delas estão tão naturalizadas que nem percebemos, mas quando nos damos conta dela é nosso dever dar um basta, isso é evolução pra mim, quero sempre ser um ser humano melhor a cada dia e seria hipocrisia da minha parte me comover com a história da moça, ou de tantas outras, afinal estupro é algo que ocorre a todo momento no Brasil e no mundo, compartilhar textões no facebook e chegar aqui e postar vídeo de estupro mesmo que seja ficção, é hipocrisia. Peço também que  outros vídeos, outras temáticas que vocês detectarem que não é legal, que me avisem, a gente ta aqui pra gozar mas podemos fazer isso de maneira saudável sem estimular nenhuma violência física ou psicológica contra ninguém.

23 comments

  1. Gostei muito do seu posicionamento. Parabéns pela atitude.

  2. Parabéns pela atitude cara.

  3. Entendo e concordo inteiramente com seu posicionamento! Você é demais! 🙂

  4. Que iniciativa linda!!! Parabéns de verdade! <3

  5. isso mesmo apoio vc, adoro seu blog todo dia acesso

  6. poxa, o site subiu ainda mais no meu conceito depois dessa! ;’)

  7. Gente, parabéns por essa atitude. Estou me sentindo contemplado com essa fala de vcs.

  8. Eu concordo um pouco mas discordo bastante, sabe por que? Pense bem… Você vai ter de retirar filmes que tenha bareback no título, por que dissemina a cultura do sexo desprotegido e a proliferação de doenças sexualmente transmissíveis. Vai ter que retirar também títulos do tipo: MaduroXNovinho, para não fazer apologia à pedofilia. Gêmeos? Nem pensar! Isso é incesto! Fazer esse tipo de restrição por um caso recente é, a meu ver, exagerado, irracional, impulsivo e até incoerente. Sim, incoerente, por que se é pra “purificar” a putaria, não segreguemos então, purifica tudo que é “incorreto”. Fantasiar é maravilhoso, o homem no geral adora, se for gay adora mais ainda! O que determina o ato que sai do lúdico para a realidade é um fator pessoal e clínico. Sim, é doença mental! E esse doente irá continuar sendo doente com ou sem as suas publicações. Beijo Grande!

    • Calma ai q já já respondo ao teu comentário

    • Vamos lá, não respondi naquela hora pois precisava sair e agora q cheguei em casa vamos lá. Primeiramente, é muito mais muito desonesto vc comparar sexo consentido com estupro né amigo. Desde quando novinho é incentivo a pedofilia se esse novinho tem 18 anos ou mais? Eu até entendo que no universo do funk quando se fala novinha estão se referindo a meninas menores de idade mas não é o meu caso, não é o caso do blog, novinho é 18 anos, até 22 ou até mesmo se a pessoa tiver 30 e tiver cara de 20 e mesmo assim é um sexo consentido. A mesma coisa do bareback (sem camisinha), se duas ou mais pessoas fazem é tudo consentido, deixar de postar vídeo pq vai influenciar…. se pegou pesado, pois você assiste filme hétero e se torna hétero por acaso, agora vc se masturbar com temática de estupro sendo o estupro e tantas outras coisas horrendas, ai é outra coisa. Eu nem deveria ta escrevendo textão, pq pra mim nem tem cabimento ter que explicar que estupro é um sexo aonde a vítima é forçada a aquela situação, agora com sexo consentido, sexo aonde todos querem a mesma coisa, ou seja, não tem violência contra a pessoa pois ela ta fazendo por que quer e o principal, não é crime, é ridículo ter q explicar isso. E para de achar que novinho necessariamente se remete a menor de idade, isso pode ser no funk mas na pornografia isso não acontece tanto que tem a categoria teen, como somos brasileiros obviamente vou escrever uma palavra atual que se encaixe nessa tradução, que seria novinho.

      • Então, você não entendeu o que eu quis dizer e pelo tom da sua postagem, levou para o lado da crítica pessoal, ficou ofendido e essa não era a minha a intenção. Vou te responder aqui pra ver se você tenta entender melhor o que quero dizer, mas se continuar a retrucar com argumentação sem sentido eu paro por aqui, ok?
        Vamos lá, você disse que não tem problema fazer apologia a determinada forma de sexo, como por exemplo o bareback, se for consentido. Também disse que não tem problema fazer apologia à pedofilia por que os atores nos filmes não são menores de idade, por mais aparentem ser. Sua argumentação é incoerente. Você se contradiz. Sabe por que? Por que nos filmes com temática de estupro, não está de fato ocorrendo um estupro. É consentido! Então, na sua lógica, por que não pode? Os gays voltaram a ser o grupo de risco em relação ao HIV nos últimos 3 anos, coincidência o número de vídeos com a temática bareback ter aumentado em 300% também nos últimos anos, neh? Todo mundo pode colocar a própria vida em risco, mas ninguém tem o direito de colocar a vida do outro em risco. Sabia que se você é portador consciente de uma DST e faz sexo sem camisinha, você está cometendo um crime? Mesmo que seja consentido? Pesquise mais a respeito, entenda melhor do assunto e aí talvez você releia o que eu escrevi com mais sobriedade e lucidez sem levar a minha opinião, que é contrária a sua, como ofensa pessoal. Grande abraço!

        • Gente, nem levei pro lado pessoal tanto q nem ia responder, mas como achei a comparação bem cretina decidi responder. Primeiro, cenas bareback não são crime, vc pode foder sem camisinha com quem vc quiser, pode ser considerada crime caso vc seja portador de HIV e vá transar com alguém sem camisinha sem informar a pessoa sobre a sua situação. Nem todo mundo q transa sem camisinha tem HIV, já começa por ai, existe toda uma pré disposição da pessoa pra contrair o vírus. Por favor, além de ter o blog eu trabalho com filme porno desde 2012 e por isso estou por dentro de todas essas questões. Por isso comparar sexo sem camisinha, que não é crime com uma temática de crime é absurda, mesmo sendo ficção está explorando um ato criminoso.
          Outra, em relação a grupo de risco se deve ao fato dos avanços na questão da doença, pois hj em dia HIV não é sentença de morte pra ninguém desde que a pessoa se cuide e se vc não sabe, uma pessoa HIV positiva q se cuida ao ponto de ficar indetectável cai pra mais de 95% de chances de não transmitir o vírus. Ou seja, existem vários fatores, ou seja, quem transmite é quem tem o vírus e não se cuida.
          E novamente, teen ou novinho é uma coisa, pedofilia é outra.

          • Então você não ficou ofendido, ok. Deve fazer parte do seu comportamento ofender sem nem ao menos se sentir ofendido, afinal “cretino” não é elogio. Parabéns pelas tuas regras de convívio e trato social. “Existe toda uma pré disposição da pessoa de contrair o vírus?” Você considera estar informado por trabalhar com o pornô e conhecer as desculpas que os atores pornô inventam pra si mesmos para não se sentirem tão irresponsáveis em não se proteger? Então quer dizer que se eu tenho carga indetectável vou sair transando sem camisinha pra pegar uma Hepatite e morrer? Sabe o quão nociva é uma hepatite num organismo sem anti-corpos? Você permanece argumentando de forma cega e repetitiva, então paro por aqui. Deveria ter imaginado o nível intelectual da conversa assim que detectei os diversos erros de ortografia e gramática nos seus textos. Eu e meu defeito de acreditar na inteligência das pessoas.

          • Amor, eu não te ofendi, eu falei da sua comparação, faz o seguinte, tem facebook? faz uma enquete. Outra, não to em nenhum momento falando q quem tem HIV indetectável é ´pra sair transando sem camisinha, leia as coisas com calma e na hora de responder com mais calma ainda. O que eu disse é que se hj os gays ou a Aids como um todo está infectando mais se deve ao fato que hj pra muita gente ela não é uma ameaça, e olha q nem sou eu q estou falando isso pela primeira vez, existem vários estudos que dizem a mesma coisa, estou só reproduzindo o que já cansei de ler por ai. Outra, como já disse, os riscos de uma transa sem camisinha todo mundo sabe, o senhor por acaso chupa pau com camisinha? se não vc está sendo hipócrita sabia? então vamos refletir um pouco mais. Se duas pessoas transaram sem camisinha foi pq ambas quiseram, só se configura crime se uma delas tiver HIV e não informar o parceiro. De um google e vai ver que transar sem camisinha não é crime em lugar algum, agora estupro é né, por isso mesmo que acho ridículo ter q explicar a minha posição e acho ridículo vc usar algo q não é crime e comparar com algo q é, mas é ficção, porra, tu se excita com a ideia de um crime? parabéns, ótimo, mas apartir de hj vai se masturbar com esse tipo de material em outro lugar.

          • E quer saber não seria má ideia de repente colocar aquela opção, ou colocar pra responder com o facebook, pra gente vê a cara do sujeito, pq é muito fácil dar sua opinião escrota quando não se da a cara a tapa né, eu to aqui mostrando o meu lindo rosto, vc tem todo o direito de dar a sua opinião, mas convenhamos ela é bem escrota sim e aposto que se usasse o facebook pra responder aqui pensaria duas vezes antes de falar tanta merda

    • O argumento do Bruno está corretíssimo. Qualquer pessoa que tem a capacidade de fantasiar e saber distinguir o que é lúdico pode fazer a distinção do que é real e fantasioso.
      Fantasiamos o tempo todo, não só ao ver os filmes. Quando usamos acessórios como algemas estamos fantasiando, embora ambos tenham consentido. Temos a consciente que podemos saciar nosso desejo de dominação com aquela pessoa e não com outra que não nos permite.
      Assim como eu sinto tesão vendo filmes bareback, mas não transo sem camisinha por ter ciência dos riscos.
      Quando vejo uma cena de estupro bem produzida, tenho absoluta consciência de que todos os atores estão atuando. O que está em questão é o prazer fantasioso advindo da dominação na cena.
      Por outro lado, é totalmente diferente de uma cena real de estupro. Eu, por exemplo, não quis ver a cena real de estupro que está sendo circulada da garota violentada por mais de 30 homens. Isso sim é um crime, uma cena forte, pesada demais pra eu assistir.

  9. Decisão certíssima.

  10. Parabéns pela atitude!!!

  11. Não é pq eu gosto de ver um filme bare q eu vou sair por aí dando meu cu pra todo mundo sem camisinha. Super entendo a tua posição, moreno. Tem que excluir msm! Que se excita vendo uma cena de estupro (por mais que seja ficção) deve ter algum problema psicológico.

  12. Gostei da atitude, nunca comentei antes pq não queria discutir (sempre venho aqui para bater uma antes de encarar o dia), então eu nunca quis bater boca com isso. Sua atitude mostra que você não está sendo conivente e repudia esse ato. Pessoalmente, além das cenas de estupro, não ne excito com incesto (só entre primos, não tem coisa melhor que comer primo) e algumas coisas bizarras como zoofilia, mas acredito nunca ter visto isso aqui no blog. No mais, parabéns, de longe o melhor blog gay que eu conheço.

  13. Apenas uma palavra para o dono desse lixo de site: HIPÓCRITA!!!
    Cara, vc é um lixo!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*