De ladinho comeu o rabo do primo gay


Tenho um primo gay e ele desde que se assumiu sempre quis dar o rabo pra mim, sempre falei pra ele que meu negócio era boceta, mas ele sempre insistia muito dizendo que eu tinha que experimentar pelo menos uma vez pra ver se gostava ou não. Ele estava de férias do trabalho e por isso veio passar alguns dias aqui em casa, como não temos quartos de hóspedes, ele dormiu no meu quarto mesmo e ficava me olhando, me provocando, no início eu ficava irritado com aquilo mas depois me acostumei e depois passei a gostar, afinal alguém estava querendo dar pra mim e eu não podia ignorar isso. Certa noite de madrugada ele veio até minha cama, eu estava com o sono super eleve então quando ele se aproximou eu acordei mas fingi que estava dormindo. Ele começou a alisar meu pau que estava mole, só que não sei como meu pau ficou duro, ele  ficou apalpando e batendo punheta pra mim, de repente sinto algo quente e molhado na cabeça do meu pau, era a língua dele, o safado estava me chupando achando que eu estava dormindo. Fiquei tão excitado que em 3 minutos gozei e como estava fingindo que estava dormindo não avisei, fiquei na minha e acabei gozando na boca dele. No dia seguinte eu não sabia aonde enfiar a cara, ele estava agindo naturalmente como se nada tivesse acontecido, já eu me sentia estranho. Naquela tarde fui tomar banho e acabei, aquela situação de madrugada não saia da minha cabeça e durante o banho acabei ficando excitado e bati uma punheta lembrando do boquete que meu primo gay fez em mim, depois de ter gozado me senti mais relaxado, mais leve, acho que não tinha porque ter problema algum até porque ninguém sabia disso e meu primo não era boca aberta do tipo que sai contando as coisas. Na noite seguinte, novamente de madrugada meu primo veio até a cama, dessa vez eu estava sem sono mas fingi que estava dormindo, ele novamente começou a alisar meu pau, eu tentei fazer força pra não ficar excitado mas não teve jeito, em menos de 30 segundos meu pau estava duro novamente e ele começou a chupar, como tinha batido punheta no banho algumas horas atrás, ia demorar pra mim gozar, mas meu primo chupava tão gostoso. De repente eu escuto a voz do meu primo gay dizendo meu nome, dizendo que sabia que  eu estava acordado, fiquei mudo, fingindo ainda que estava dormindo, de susto meu pau até ficou mole, mas ele então pra tirar a prova veio pra cima de mim e me deu um beijo de língua, eu me assustei e empurrei ele, senti nojo, ele começou a dar risada falando que sabia que eu estava acordado. Quis bater nele, mas se fizesse acordaria meu pais e que explicação eu daria. Meu primo é tão safado que mesmo eu querendo socar ele na porrada ficou me alisando perto da virilha e de repente meu pau estava duro de novo. – Eu sei que você gostou de ser chupado por mim, dizia ele. Eu não conseguia negar, meu pau estava duro na mão dele, como é que eu ia negar. De repente ele tira a roupa e se deita do meu lado de ladinho com a bunda virada pra mim, pra um homem até que ele tinha uma bunda bonita, lisa, bem redondinha, tinha algumas estrias mas eram poucas. Fiquei prestando atenção e tentando olhar o cuzinho dele, meu pau começou a latejar, eu realmente queria comeu o rabo do meu primo gay, ele estava praticamente esfregando o cu na minha cara, tinha que tomar uma atitude e então decidi comer ele.

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*