Dei o rabo pro entregador do Supermercado


99 MB DOWNLOAD


Eu estava em casa na internet, umas 16 horas, tocou a campainha, fui ver quem era,
Não acreditei, era um garoto do supermercado entregando as compras da minha vizinha da frente que tinha mandado ele deixar na minha casa, garoto muito bonito de rosto, usando brinquinhos e um brilhante no narizinho, abri o portão, cheguei perto dele, era bem alto, depois num outro dia me disse ter 1.92 de altura, magro, com calças bem justinhas, quase um emo, já cheguei olhando bem no rosto dele e no corpo todo, e percebi que ele ficou vermelho, pedi pra ele entrar e colocar as compras num balcão na garagem, de costas ele era muito gostoso, com uma bunda magra mais cheinha, colocou as compras no balcão e foi saindo, no portão me agradeceu e disse, até mais, e foi embora.
Uns dois meses depois eu fui até o supermercado, eram umas 18 horas, já escurecendo, entro sempre pela rua dos fundos, quando fui atravessar a rua parei, ele estava em pé do lado do portão, encostado nas grades, fui direto em direção a ele, cheguei e ele estendeu a mão p me cumprimentar, perguntei o que estava fazendo ali naquele horário, horário de trabalho dele, me disse que tinha sido dispensado por causa da idade, antes de completar dezoito anos é dispensado, de acordo com o contrato. Comentei que era uma pena fazer isso com os garotos, mais se era assim fazer o que, conversamos mais sobre ele e sobre mim, o nome dele é Bruno, nem perguntei quando foi em casa.
Me despedi dizendo pra ele aparecer em casa a noite, ele perguntou que horas, eu disse que depois das 22 horas seria melhor.
Fiquei ansioso esperando, quando deu 22:15 toca a campainha, era ele, abri o portão pra ele entrar, coloquei a mão na cintura dele conduzindo pra porta da cozinha de casa, ele entrou, fui apagando as luzes levando direto p o meu quarto, sentei na cadeira do PC e ele sentou na cadeira ao lado com as pernonas bem encostadas na minha, conversamos um pouquinho e levei a conversa p outro lado, perguntando se ele tinha fotos na net, ele disse que só no orkut e perguntou se eu tinha fotos, respondi que tinha varias fotos pelado, ele deu um sorriso e falou que queria ver, abri o álbum de fotos e fui mostrando, fotos minhas mostrando a bunda e o cacete mole e durão, ele comentou, nossa que fotos, eu disse gostou, e ele deu aquele sorrisinho, olhei na calça dele e vi que estava de cacete duro e eu também, falei pra ele, ta duro, e fui pegando, ele olhou no meu rosto e levou a mão no meu cacete, apalpando, e disse, tira pra fora, eu falei, espera, vou fechar a porta, voltei já tirando a roupa, fiquei pelado na frente dele, de pau duro, fui tirando a camiseta dele e ajoelhei p tirar o tênis e a calça dele, quando abaixei a calça com a cueca junto me assustei com o tamanho do cacete dele, muito grande, tem 21 cm, peguei, fiquei segurando e olhei no rosto dele, ele disse, chupa, levei ele até a cama, deitou e ficou com aquele mastro bem pra cima, caí de boca, mamei muito, chupei o saco, abri as pernas, passei a língua por traz do saco e fui até o cuzinho, ele ergueu as pernas e puxou minha cabeça, afundei a língua naquele cuzinho gostoso, voltei no saco e no cacete, mamei bem forte, de repente ele pega e ma vira de lado. passa a mão na minha bunda, dá uma molhadinha e vem enfiando o cacetão, eu pensei em não deixar mas não resisti, deixei, puxei o corpo dele pra cima do meu, já com o cacete entrando no meu cuzinho, doendo, me segurou pelo ombro e socou tudo, ficou parado, passando a língua nas minhas costas, aí não resisti e liberei, ele sentiu meu cu relaxar e começou a bombar, parecia que não metia a tempos, tirava inteiro e enfiava tudo de uma vez, fez varias vezes, senti o suor do corpo dele colado em cima do meu, ele bombava, meu cu parecia que já tinha levado aquele cacete varias vezes, de tão relaxado, de repente ele tira, me puxa da cama, e abaixa pra mamar no meu cacete, mamou bastante feito um louco, chupou o meu saco, enfiou as bolas na boca, voltou a mamar e virou ficando de quatro no chão, com aquela bunda magra cheinha e o cuzinho lisinho bem arrebitado, disse, enfia tudo, dei uma boa chupada, deixei bem molhadinho e enfiei tudo de uma vez, sem dó, ele fez uma cara de muita dor e colocou a mão na minha bunda me puxando p meter até o talo, ele de 4 e eu meio em pé por cima, o meu cacete entrava e saia daquele cuzinho melado, tirei o cacete pra ver o cu dele como estava, adoro ver, ficou bem aberto, dando para enxergar lá dentro, deitei no chão e ele sentou em cima, cavalgando, que delicia como entrava e saía, falei que já ia gozar, ele tirou e ficou de 4, e disse, goza dentro, meti o cacete, dei umas quatro bombadas e enchi o cu dele de leite, dei uma enfiada bem gostosa e ele apertou o cuzinho pra eu tirar o cacete, queria até a ultima gota.
Tirei o cacete e ele continuou de 4, e perguntou, como esta meu cu, eu disse, bem arrombado, ele disse, nunca dei, só enfiava as coisas no meu cu de tanta vontade, perguntei o que ele enfiava, ele disse, tudo que for roliço eu enfio, cenoura, pepino, abobrinha, até aqueles salames grossos ele comprou pra enfia, aqui não tem sex shop pra comprar consolos.
Já fodemos varias vezes, não resisto aquele rosto bonito, aquele cacetão de 21 cm e aquele cu gostoso, e a atura dele, quando fica de 4 é um tesão.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*