Dois negões estourando o cu do passivo – Ace Rockwood, Kannon & Venom

Vídeo gay online com os atores pornos  Ace Rockwood, Kannon & Venom. Eu sei que o homem negro é hipersexualizado, tem a fama de machão, viril, bem dotado, tanto que até um tempo atrás não era permitido ou muito aceito um homem negro ser passivo. Eu tenho 30 anos, e me lembro que quando tinha 20, era meio que esquisto assumir que era versátil por causa dessa cobrança que eu sentia por ser negro de que eu tinha que ser ativo, bem dotado, másculo e ser uma máquina na cama, imagina então para os negros que são somente passivos como era. Bem, o tempo foi passando, e fomos e ainda estamos desconstruindo essa ideia, mas obvio que tudo tem o porquê. Hoje em dia na industria porno se explora muito isso, não sei de fato se nós negros fazemos sexo diferente, se temos de fato mais resistência, mas uma coisa eu posso falar por experiência própria; De 10 homens negros que eu fodi, 7 foram ótimos, já a média entre homens brancos é bem menor. Na cena são três homens negros, o passivo um negro de pele mais clara tem o cu estourando por dois negros dotados e famintos, que só vão sossegar quando a porra sair dos seus paus, só que isso não é assim tão fácil de se conseguir, o passivo vai ter que suar pra tirar leite desses machos.

315 MB DOWNLOAD

 

3 comments

  1. http://videosfodagay.blogspot.com

    delicia esses negros

  2. Tudo isso que você falou, Darlon, é questão de racismo. Sim, isso mesmo. Esses estereótipos do homem negro estão ligados a racismo. Ora bolas, quem disse que por ser negro um homossexual tem que ser ativo ? Quem disse que por ser negro um homossexual não goste de chupar muito uma rola ? Ou ter um jeito, como se diz por aí, afeminado ? Isso existe. E aos montes. Assim como racismo no meio LGBT, existe. Infelizmente. Pessoas pertencentes a minorias que sofrem incessante discriminação, também encontram seu espaço e vez pra saírem cometendo discriminação por aí. Uma espécime de reserva nazista. O que um homem negro homossexual tem que fazer é aproveitar sua vida sexual livre, leve e solto. Com muito prazer, amor, dignidade e felicidade. E ir passando por cima de todo tipo de estereótipo e vencer o racismo.

    • Bem, minoria no caso homossexual né, pq no Brasil a maioria é negra e não sei pq a representatividade num país de maioria negra é branca, vai entender, já começa por ai, o buraco é muito mas muito embaixo, mas tenho fé que daqui uns 20 anos esteja uma maravilha ou não né, pq essa bancada evangélica ta fodendo e ta crescendo cada vez mais

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*