Meu cunhado gay me seduziu


140 MB DOWNLOAD


Eu estava em casa, com Victor [meu cunhado de 19 anos], minha irmã, e minha mãe. Ele tem uma tatuagem nas costas, que vai até a bunda. Ele sem querer, danificou a tatuagem, e pediu para que eu a reparasse, com uma caneta/hidrocor/canetinha. Fomos para o quarto da namorada dele[minha irmã que estava trabalhando] que fica mais afastada da casa. Então ele tirou a roupa [Eu costumo andar só de cueca em casa] quando eu o vi nu, comecei a ficar de pau duro, ele me deu a canetinha, e deitou com a bunda para cima, o que me deixou mais duro ainda. Comecei a reparar sua tatuagem, comecei pelas costas, fui descendo até sua bunda, chegando nela, comecei a esfregar disfarçadamente meu pau na bunda dele, e nas pernas, enquanto eu consertava sua tatuagem.
Quando acabei, me levantei, ele se levantou, me olhou, e disse:
-Tá durinho né seu safado. Tava pensando em que?
-Nada de mais – respondi
Ele me olhou com dúvida e disse:
-Não parece nada de mais – falou isso segurando meu pau
Tentei segurar, mas não consegui, gemi um pouco e mordi os lábios
-Aaah! Agora eu entendi porque você tá duro, você me viu nu e ficou assim né?
Tentei desviar o olhar, mas ele segurou meu rosto e me beijou, eu continuei aquele beijo gostoso.
Ele me empurrou e disse:
-É eu tava certo, você tá duro por aquilo mesmo.
-Vem aqui – chamou ele
Me aproximei dele e ele disse:
-Se você quiser, nós podemos transar aqui e agora. Mas você não pode desistir no meio e se fizermos, não é para contar para ninguém.
-Tá certo. – respondi
-Então vamos começar – disse ele – Fique de joelho – complementou .
Obedeci ele, fiquei de joelho, ele pegou o pau dele ainda mole, começou a punhetar, eu segurei a mão dele para ele parar, e direicionei o pau dele para minha boca. Comecei a chupá-lo, ele ficava duro de pouco em pouco,adorava sentir o cheiro dele, sentir os pelos do pau dele na minha cara, comecei a enfiar a canetinha no cu dele, e ficava tirando e botando, até que ele me segurou pelo cabelo, e ficou movimentando minha cabeça e o pau dele, para frente e para trás, aumentando a velociadade, então comecei a enfiar a caneta mais rápido. Depois de chupar o pau dele de cabeça a talo, fui chupar os ovos, chupei um pouco, e não aguentei, voltei para o pau dele, que estava duro e esfregava na minha cara quando eu chupava seu ovos.
Depois de alguns minutos, ele tirou o pau dele de dentro da minha boca, que já tava enorme [mais ou menos uns 22 cm] e duro.
Ele me jogou em cima da cama, pulou em cima de mim, e começou a me lamber, pescoço, peitos, mamilos, abdômem e enquanto ele me lambia, ficava esfregando sua bunda e seu cu, no meu pau.
Chegando no meu pau, ele colocou na boca, deu duas chupadas, e tirou, disse que não tinha gostado.
Nos sentamos um do lado do outro, eu não parava de olhar o pau dele, ele então pegou minha mão levou até o seu pau e começou a esfregar a minha mão no pau dele, então segurei firme no pau dele, e comecei a bater punheta para ele e ele começou a bater para mim.Começamos nos beijar.
Acabamos esquecendo da punheta, e rolavamos pela cama com as pernas intrecruzadas nos beijando.
Quando paramos de nos beijar, ele estava por cima. Ele se sentou, abriu minhas pernas, e me puxou em direção ao seu pau, senti seu pau na entrada do meu cu, ele se ajeitou, e me puxou mais um pouco, forçando a entrado do seu pau, então ele me ajeitou, e me puxou, eu ainda deitado com as pernas abertas, ele conseguiu me penetrar, eu gemi alto, ele se deitou por cima de mim, para ficar mais fácil de se movimentar, eu então envolvi ele com as pernas, apertando ele, empurrando seu pau todo dentro do meu cu.
Ele me comia com muita velocidade e eu continuava gemendo, gemia alto, ele ficava com mais tesão, e metia mais rápido.
Depois de 10 minutos assim, ele ofengante tirou seu pau de dentro do meu cu, se deitou na cama.
Eu fui até ele, e estava com a maior vontade de ser fodido por ele, de cavalgar nele. Posicionei seu pau meu cu, e sentei nele, doeu um pouco na entrada, eu gemia, enquanto ele me comia com velocidade, eu gemia para ele. Eu pedi para ele parar de se movimentar, e deixa eu fazer o trabalho, ele atendeu, eu me movimentava com gosto, ele segurou meu pau e começou a me punhetar. Eu me gemia de tesão.
Depois de muito tempo, eu avisei que ia gozar, ele me punhetava mais rápido e voltou a movimentar seu pau em mim.
Gozei nele, deixei ele todo melado, seu rosto, cabelo, abdômem e peitos.
Ele se levantou, pegou uma toalha se limpou, eu peguei uma também, me limpei coloquei minha cueca, estava saindo do quarto quando ele coloca a mão no meu ombro e fala:
-Acha que acabou? Eu ainda não gozei.
Começamos a nos beijar, caimos na cama, ele me colocou de quatro, começou a esfregar seu pau na entrada do meu cu, o que me deixou de pau duro de novo, ele pegou segurou minha bunda, posicionou o pau dele no meu cu, e foi entrando, até que já estava tudo dentro, ele começou a me movimentar mais rápido, eu revirava os olhos de tesão, gemia cada estocada do corpo dele batendo na minha bunda, sentia os pelos, e seus ovos batendo nos meus.
Depois de 15 mim ele me comendo de quatro, ele tirou o pau de dentro do meu cu. Mandou eu ficar em pé e encostar na parede, obedeci encostei de lado na parede, ele levantou uma perna minha a me penetrava e eu gemia depois de alguns minutos, ele me tirou da parede, me jogou na cama, sentou no meu peito, colocou o pau dele na minha boca, e mandou eu chupar, mas eu perguntei antes:
-Isso vai demorar ainda?
-Talvez, eu avisei a você que não poderia desistir. Eu sou super resistente, demoro muito para gozar.
-Eu não estou desistindo, estou perguntando, porque eu vou querer mais ainda.
-Que bom, porque eu vou demorar um pouco.
Chupei o pau dele por mais ou menos 7 minutos, ele tirou o pau da minha boca, me colocou sentado, sentou na minha frente, juntou nossos paus, e começou a punhetar nós dois, depois ele me colocou de quatro de novo, começou a meter em mim, se deitou em cima de mim, eu virei o rosto, ele começou a me beijar. Ele metia em mim com velocidade, me beijava e me punhetava, eu interrompia de vez em quando os beijos gemendo.
Depois de 10 minutos assim, eu gozei na mão dele, ele passou o gozo na minha boca e começou a me beijar, dividindo o meu gozo, ele ainda metendo em mim, mais rápido.
Começou a ficar ofegante e meter mais rápido, eu gemia.
Ele então falou ofegante:
-Eu..v.. vou… go. gozar!!!
Uns 3 minutos ele me comendo, ele gozou no meu cu, foram 6 jatos cheio de gozo encheu meu cu de gozo, eu gemia a cada jato quando o pau dele ficava engrossando e pulsando no meu cu, ele exausto, caiu na cama, e me levou junto, o pau dele, ficou lá dentro, até diminiur sozinho e sair do meu cu.
Ele falou:
-Gostou?
-Claro, adorei – respondi
-Quer fazer de novo? – perguntou ele
-Agora? – perguntei
-Outro dia, tô esgotado agora, acho que vou dormir.
Eu fui no banheiro, tomei banho, deixei o gozo dele sair naturalmente, saindo do meu cu, esorrendo pela minha perna.
Acabei o banho, me sequei, vesti a cueca, eu ia saindo, passei pelo quarto, ele ainda estava pelado, e com gozo no pau, me sentei perto dele, comecei a chupar, limpei tudo e ele ficou de pau duro de novo, me levantei, até que ele se virou, ficou com a bunda para cima, fiquei de pau duro na hora, voltei para a cama, lambi e chupei o cu dele, esfreguei meu pau na entrada do cu dele, ele ainda dormindo, tentei foder ele, mas ele acordou, e disse que queria dormir, ele se levantou, tomou banho, eu entrei no banho com ele, juntei o pau dele com o meu, punhetei nós dois, ele acabou o banho colocou a roupa e foi para o quarto dormir.
Eu coloquei a cueca e voltei para o meu quarto.
Depois dessa vez já dei para ele mais vezes, mas eu conto depois.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*