O magrelo bem dotado do cinema porno

As vezes a gente vê um magrelo e não da nada pra ele né verdade? Principalmente quando vamos em balada, ou em qualquer lugar aonde nossa visão fica restrita ao ver a pessoa somente com roupa. Acontece que por ter essa limitação em baladas e em alguns lugares a gente cai numas ciladas com muita frequência, de julgar por aquilo que nós achamos ser ” boa aparência” claro que estou falando de só um ficar e quem sabe algo mais firme e não somente um boy que você conheceu anoite e já foi foder,pois acredito que ninguém fica selecionando a madrugada inteira alguém só pra foder e dar tchau né.

Certa vez eu fui no cinema porno, e tinha um jovem lá, devia ter no máximo 22 anos, não era alto, não devia ter nem 1.70 de altura. Não era bonito e francamente tinha cara de drogado, ou seja, numa balada, ou em qualquer lugar não me chamaria atenção em hipótese alguma, pelo menos vestido não chamaria mesmo. Bem, acontece que nesse lugar, um cinema porno, as pessoas não ficam peladas, pelo menos não em qualquer lugar, mas em determinados lugares elas colocam as coisas pra fora né verdade, afinal como vai rolar o sexo? Nesse cinema tinha um cômodo escuro, não era um dark room, mas era escuro, e dentro desse cômodo tinha mais outros 2 mas super pequenos, como se fossem banheiros saca, mas sem vasos, sem pias, sem nada. E eu vi um vuco vuco nervoso, senti cheiro de sexo e percebi que não era somente duas pessoas, devia ter umas 5 ali naquele lugarzinho apertado e escuro. Fui lá obvio ver o que tava acontecendo e esse magrelo aparece, com a calça nos joelhos, ele chegou perto de mim e pegou a minha mão e colocou no pau dele, quando eu peguei eu não quis acreditar. Um baixinho com menos de 1.70 de altura, magrelo, com cara de drogado e feio de rosto com aquele tesouro no meio das pernas, a natureza tinha compensado em pau o que não tinha dada de beleza pra ele. Gente, aquele pau devia medir sem brincadeira alguma, 26 centímetros, era grosso, muito grosso e apontava pra baixo, sabe aqueles paus que parecem que são quebrados? então, eu não acreditei, as beeshas estavam loucas, um pau daquele ali disponível tinha que ser aproveitado, mas não por mim. Apesar dos pesares eu não resumo ninguém ao pau, e realmente ele não fazia o meu tipo, eu não sou tão puto assim de ficar com alguém que eu não acho atraente só por causa do pau ou da bunda, mas olha, quem não liga pra isso se fartou nesse dia.

Observação, olhando e analisando, pois quando vou nesses lugares eu observo muito, ando pra cima e pra baixo, desfilando, me exibindo e assistindo á todos, e fazendo também amizade rs. Eu e outras pessoas observamos que esse magrelo bem dotado comia tudo que era viado sem restrição, mas sem camisinha *.*

O pau desse magrelo baixinho, bem dotado e feio era basicamente igual desse magrelo das fotos, quando eu vi as fotos eu lembrei dessa história e decidi contar e claro postar também as fotos.

O magrelo bem dotado do cinema porno

O magrelo bem dotado do cinema porno

O magrelo bem dotado do cinema porno

O magrelo bem dotado do cinema porno

O magrelo bem dotado do cinema porno

O magrelo bem dotado do cinema porno

 

 

One comment

  1. amo um magrinho. gente onde foi que voces conseguiram essas fotos? quero nomes rsrsrs

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*