O professor de inglês gostoso


124 MB DOWNLOAD


Meu nome é Rafael e tenho 22 anos sou bonito, tenho 1,80M. moreno. Na época do ocorrido, eu tinha 17 anos e estava terminando o colegial. Eu precisava de reforço em línguas, pois o vestibular estava chegando e eu não sabia nada. Na minha escola tinha um professor de inglês que se chamava Ricardo. Ricardo era jovem devia ter uns 35 anos, era bem esbelto sempre alegre e muito amigo dos alunos. Resolvi então, pedir ajuda a ele, já que um professor particular era caro e a grana estava curta. Ele aceitou na hora e marcamos as aulas pras tardes, dos fins de semana. Ricardo tinha uma fama na escola de sair com alguns alunos e depois de beber muito dar pra eles. Já nas primeiras semanas eu percebi que Ricardo me olhava duma maneira diferente, meio sacana, sempre me dava aulas de short e cuecas por baixo (dava pra eu peRceber o volume por baixo), mas como as aulas eram na casa dele eu achei normal. Mais ou menos na 5ª. semana de aula eu cheguei uma meia hora antes do costume, subi normalmente pois já conhecia o porteiro, bate na porta pois a campainha estava com defeito mas ninguém veio abrir. Quando eu mexi no trinco da fechadura a porta se abriu e eu então entrei, pois eu sabia que ele não se importava, pois as vezes ele deixava a porta aberta pra eu entrar. Quando eu entrei percebi uns copos no chão com resto de bebida um calção no braço do sofá e um par de sapatos espalhado pela sala. Escutei um baralho que na direção de seu quarto, então fui conferir pensando eu que ele devia estar comendo alguma garota. Quando entrei no quarto vi que o barulho vinha do box e a porta estava entre aberta quando eu olhei, nossa que susto! Fiquei paralisado ao ver Luis (um colega de sala) quase engolindo pau de Ricardo que por sinal era bem grosso e enorme (devia ter uns 20cm.!). Meu pau ficou extremamente duro no ato, me bateu um tesão incontrolável, quase me fazendo entrar, mas me contive e fiquei a observar. Luis chupava o pau do professor com uma habilidade de impressionar, hora ele sugava a cabeça, hora lambia o saco, às vezes engolia tudo. Foi quando Ricardo pegou Luis pela cabeça, levantou-o (estava sentado no vaso) colocou de quatro, apoiado no vaso e começou a foder o cú de Luis. Nessa hora, eu quase gozei de tanto tesão. Quando dei por mim, Luis havia notado minha presença, pois fui me aproximando sem perceber, ele deu um salto arrancando o pau de Ricardo de dentro de seu cú e bateu a porta do box, eu sem saber o que fazer corri pra sala. Pouco depois, chega Ricardo só de toalha dizendo: ‘Oi chegou cedo hoje!’. E eu, meio sem graça, respondi: ‘Pois é né! Faz tempo que você estava no quarto?’; perguntou ele, e eu fiz que sim com a cabeça e ele com um sorriso sacana disse: ‘Por favor, não conte a ninguém que viu o Luis aqui, tá?’. E mais uma vez eu fiz que sim com a cabeça. O volume por baixo da toalha de Ricardo e o cheiro de sexo no ar era denunciante, quando olhei pro quarto, Luis vinha saindo totalmente sem graça, foi quando eu sem pensar disse: ‘Não se preocupe Luis, não vou contar a ninguém e se o professor quiser, pode fazer a mesma coisa comigo também, assim todo mundo guarda segredo!’. Na mesma hora, Ricardo tira a toalha e deixa seu enorme caralho, quase que se encostando ao meu nariz e disse: ‘Põe na boca, que cê vai gostar!’; e foi o que fiz. Aquele sabor de macho na minha boca era o Maximo, quando percebi Luis estava chupando meu pau também. Ricardo mandou que nós dois tirássemos a roupa e voltássemos pro quarto. Ele nos conduziu até lá, me pôs de quatro e mandou que eu chupasse Luis e começou a lamber meu cu, que até então, nunca tinha visto rola. Era demais o movimento que o professor fazia com a língua no meu cuzinho, ficava me fodendo com a língua, lambendo ao redor, passou a colocar um, dois dedos. Incomodava um pouco mais eu estava já bem relaxado. Ele chamou então, o Luis e mandou que me fodesse, eu me impus dizendo que queria o pau dele e não de Luis, ele com um sorriso sacana disse: ‘Se acalma bichinha, que ele vai só alargar esse cú pra mim!’. Quando Luis começou a forçar na entrada do meu cu, eu pedi que fosse com calma, por que eu nunca tinha dado a bunda. Ricardo me olhou espantado e disse: ‘Luis coloca teu pau pra ele chupar e que quem vai tirar o cabaço dele sou eu!’. Ele então, posicionou seu caralho imenso, bem na entrada do meu cú, arreganhou bem e começou a empurrar buraco adentro. Nossa que dor forte! Nessa hora, eu quis desistir, ele então segurou firme minha cintura e Luiz segurou minha cabeça e disse: ‘Relaxa que eu sei com é essa dor logo passa e você vai gostar!’. Foi dito e feito, logo a dor foi sumindo e o prazer foi aparecendo. Ricardo percebendo que eu tava começando a gostar, começou a empurrar o resto, já que tinha passado só a cabeça. A cada estocada que ele dava eu sentia meu cú se rasgar, era ótimo, eu gritava pedindo mais e mais: ‘Coloca vai!’. Pude até sentir o saco dele bater na minha bunda, Luis também estocava forte na minha boca, como se fodesse uma boceta. Ricardo anunciou que dava perto de gozar, então eu pedi que gozasse dentro de mim. Foi o que ele fez e encheu meu cú de porra, e ficou tirando e empurrando seu pau duma só vez, no meu cu. Luis vendo aquilo pediu pra me foder também, eu nem tinha respondido ainda e já senti a pica de Luis entrando no meu cu, como seu pau era mais ou menos, do tamanho do meu (18 x 7cm.) entrou fácil. Luis me colocou deitado na cama de lado e continuou me bombado. Ricardo deitou com a cabeça pro lado do meu pau e começou a chupar, então eu peguei seu pau que ficou na altura do meu rosto, ainda mole e todo sujo de porra e comecei a limpá-lo, com a boca. Era ótimo, sentir aquela rola crescer na minha boca novamente. Luis anunciou o gozo e gozou logo em seguida, gozou forte e deitou-se deixando seu pau entalado no meu cu! Ficamos apenas, eu e meu professor num delicioso ‘69’! Eu gozei primeiro, enchendo sua boca de porra, ele ainda me botou de frango assado e me fodeu mais uns 5min., pedi a ele que gozasse na minha boca, pois queria provar sua porra quente, grossa e gostosa, mas não deu tempo, quando ele tirou pra eu colocar na boca, acabou gozando na minha cara. Em seguida, caímos os 3 na cama e adormecemos. Só acordei a noitinha, com Luis forçando seu pau no meu cuzinho, mas isso é outra historia…

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*