O padeiro rabudo da minha rua

Quando eu tinha 12 anos, morava em uma rua enorme, essa rua tinha de tudo e tinha um padeiro que chamava atenção por ser rabudo. Era um homem solteiro, com quase 40 anos de idade, branco, um pouco alto e de poucos amigos. Apesar de ser discreto, era muito falado pelos vizinhos que suspeitavam que ele era gay, usavam a palavra bicha. Ele era dono de uma padaria na rua e sua casa ficava encima da padaria, também se falava que ele tinha dinheiro, afinal era o dono da padaria e ela estava sempre cheia de clientes. Lembro que o pessoal ficava de olho em quem o visitava a noite, eram sempre jovens, uns até com menos de 18 anos pelo que o povo comentava. Lembro que estava na rua brincando com meus primos e vizinhos e um dia ele passou de carro, ele tinha um Vectra, tinha um moleque no nosso meio que afirmou que fulano de tal da rua de baixo tinha comido o padeiro rabudo e em troca o padeiro tinha dado um tênis de marca que na época era muito caro.

Rocco Steele comendo o rabudo Petrick Garcia – Atualização

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.